sábado, 26 de novembro de 2011

Primeiro passo

Foi talvez ontem, ou hoje, talvez amanhã.
Talvez ontem, que comecei por pensar onde estaria ele neste mundo, foi talvez hoje, que o encontrei, e sorri, será talvez amanhã, que tudo acabará com um ponto final.
'Talvez', uma palavra composta por seis letras, seis simples letrinhas, duas vogais, 4 consoantes, que juntas, formam uma palvra, difícil de perceber.
Será que o é? Será que é assim? Uma palavra difícil de perceber? Talvez.
E tudo se inicia do mesmo modo, palavras complicadas, passam despercebidas, e atacam o nosso espírito, sem dó.. nem piedade!
Será talvez, por sermos fracos? Por sermos fortes? Por sermos capazes ou incapazes? Talvez.

Mas porque? Porque talvez, não necessitamos de um talvez, para sorrir, precisamos de um 'sim', seguro, conquistado e pronunciado com amor. É o'sim' mais belo, mais encantador, mais doce e precioso, que se pode ouvir, é o 'sim' que te fará sorrir, quando, mesmo ele, te o disser, com certezas e sem medos, segurando-te pela mão, e dizendo 'sim, eu amo-te'.

Sem comentários:

Enviar um comentário