sexta-feira, 6 de abril de 2012

Sou aquela que ocupa o teu coração, aquela por quem darias a tua vida, por quem arriscarias tudo?
Perguntas pendentes e imprudentes, para a qual não tinhas resposta certa, e a que tinhas era errada. Errada, um erro, um erro cometido ao alguma vez ter olhado para ti, para lá desse sorriso, esse sorriso falso, com que me traíste e levas-te tudo o que era meu.
Agora, já sei a verdadeira resposta, a resposta honesta e humilde com que deverias ter respondido no ínicio, tudo foi uma farça, e eu fui a personagem principal, a que perdeu, e por tua culpa, nunca mais vou voltar a ser a mesma, e mais uma vez, volto a estaca zero, aquele ponto que diz: vazio.

Sem comentários:

Enviar um comentário